FEITIÇO HAVAIANO
Blue Hawaii


O universo de Elvis Presley foi para mim sempre muito contemplativo e inspirador, embora não tenha vivido as décadas de ouro de suas produções - final dos anos cinquenta e decorrer dos sessenta - remonto fragmentos de minha juventude e adolescência as tardes e madrugadas em frente da televisão, seduzido pelo seu destemor, espírito galante, propriedade de herói.

Feitiço Havaiano [Blue Hawaii] transmuta toda ode de aventuras, com passagens de sua própria vida. Chade Gates [Elvis Presley] é um jovem recém-chegado da Europa, onde servira ao exército americano por dois anos, em terras havaianas uma apaixonada Maile Duval [Joan Blackman] lhe aguarda efusiva e apaixonada, mas, as contradições preenchem a cabeça do rapaz, o determinismo pelo próprio destino averso ao escolhido e imposto por seu pai Fred Gates [Roland Winters], próspero fazendeiro de exitosas plantações de abacaxi, proprietário da Companhia Sulista de Frutas Havaianas, e sua mãe Sarah Lee Gates [Angela Lansbury], freneticamente dedicada ao filho, tratando-o como adolescente que deixara de ser a tanto tempo.

Com Maile o adulto proeminente em Chade brota com mais ferocidade, os sonhos reais se dão. A jovem retrata tudo o que a família abomina, a classe social desdém ao perfil que a senhora Sarah espera de sua pretensa nora - uma rica moça da sociedade de Honolulu, de fina estirpe - adjetivos que parecem funcionar como combustível para enrijecer ainda mais a paixão do rapaz.

Na agência turística, propriedade de Chapman [Howard Mcnear], Maile é a mais competente funcionaria, e apresenta ao chefe seu namorado Chade, pretenso guia, ansioso ao imediato emprego como forma de independência financeira, trunfo que encanta a professora Abigail Prentice [Nancy Walters] e suas pupilas, todas deslumbradas com o charme do instrutor, seus métodos rendem elogios, ataques enlouquecidos das jovens alunas e cenas de ciúme da arrependida Maile por ter lhe colocado na justa situação. Ao término, claro, ambos ficam juntos, na forma mais típica e exótica de um casamento no Havaí e performance sublime de Elvis ao pôr-do-sol das ilhas encravadas nos verdes mares do Pacífico. No mínimo um clássico para os admiradores do gênero.

Assistido e comentado by Marco Müller

Publicado 10 | Julho | 2011

*Poster promocional do filme

FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL Blue Hawaii
GÊNERO Aventura Musical
TEMPO DE DURAÇÃO 101 minutos
DATA DE LANÇAMENTO [EUA] Novembro 1961
ORIGINAL Colorido
ESTÚDIO Paramount Pictures
ROTEIRO Hal Kanter
DIREÇÃO Norman Taurog
PRODUÇÃO Hal B Wallis
ROTEIRO Hal Kanter

ELENCO

ELVIS PRESLEY Chad Gates
JOAN BLACKMAN Maile Duval
ROLAND WINTERS Fred Gates
ANGELA LANSBURY Sarah Lee Gates
NANCY WALTERS Abigail Prentice
JENNY MAXWELL Ellie Corbert
PAMELA AUSTIN Selena Emerson
DARLENE TOMPKINS Patsy Simon
CHRISTIAN KAY Beverly Martin
JOHN ARCHER Jack Kelman
HOWARD MCNEAR Senhor Chapman
STEVE BRODIE Tucker Garvey

SCREENSHOTS


Título original

Maile Duval [Joan Blackman] e Chade Gates [Elvis Presley]

Chade Gates [Elvis Presley] e Maile Duval [Joan Blackman]

Chade Gates [Elvis Presley] e um grupo de amigos

Maile Duval [Joan Blackman] e Chade Gates [Elvis Presley]

A mãe de Chade, Sarah Lee Gates [Angela Lansbury] e o pai
Fred Gates [Roland Winters]

Sarah Lee Gates [Angela Lansbury] aconselhando o filho
Chade [Elvis Presley]

Maile Duval [Joan Blackman] e Chade Gates [Elvis Presley]

Maile Duval [Joan Blackman], seu chefe
Chapman [Howard Mcnear] e Chade Gates [Elvis Presley]

A professora Abigail Prentice [Nancy Walters]
e Chade [Elvis Presley]

O casamento de Maile Duval [Joan Blackman]
e Chade Gates [Elvis Presley]