O TERROR DAS MULHERES
The ladies man


Desiludido com as mulheres após uma decepção amorosa, protagonizada por sua namorada de infância que o trai no dia de sua formatura, o jovem sonhador Herbert H. Heebert [Jerry Lewis] resolve sair da pequena Millton, cidade do interior norte americano, com pouco mais de quatro mil habitantes e mudar-se para Hollywood em busca de uma nova vida e perspectivas profissionais. Após frustradas buscas de emprego, tudo o que consegue são pequenos serviços oferecidos por moças quase sempre ensandecidas, causando verdadeiro pavor e transtorno ao rapaz já traumatizado, mas, tudo começa a mudar ao ser entrevistado pela senhora Katie [Kathleen Freeman], que simpatiza com as dores dos angustiado jovem e lhe convida para trabalhar e morar na enorme casa da qual é governanta, cheia de quartos e repleta de moças – um golpe quase fatal as ambições de Herbert, que após ser convencido e persuadido resolve ficar – é quando começam todos os problemas...

Dobrar-se de tanto rir é o mínimo que se pode fazer daí para frente, o momento em que o jovem acorda já no primeiro dia, e sem saber encaminha-se ao refeitório para tomar o café da manhã – admirado pelo tamanho da residência – ao entrar no local, coloca os óculos e ao ajuste do foco depara-se com todos os tipos de mulheres, surpresas em vê-lo ali naquela posição, sendo recebido pela proprietária, senhora Helen Wellenmellon [Helen Traubel], que entoa em tom uníssono uma melodiosa canção: “bom dia Herbert”, prontamente repetida por todas presentes, um gesto de desespero então explode de sua boca, que apavorado sai aos gritos ecoados de: “mãe, mãe...”. No dia a dia de cada moça, descobre os costumes de todas, mistérios e manias.

A trama está cheia de bons momentos, aqueles marcantes, que quem acompanhou a carreira do ator, lembra de ter visto em algum momento na televisão, quando seus filmes davam shows pelas tardes e madrugadas, como o momento em que Herbert admirado com uma coleção de borboletas secas, emolduradas na parede, abre o quadro onde as espécies encontram-se expostas e todas saem voando, para seu pavor. Quando quebra uma coleção rara de cristais da família da senhora Wellenmellon, logo após ser insistentemente avisado pela governanta Katie que eram peças de estimado valor da família. Ao alimentar o bebê, um “bichinho” de estimação da casa, que toma leite de bacia e come uma peça inteira de carne a cada hora.

Obviamente para admiradores do estilo “Jerry Lewis” de interpretar, O terror das mulheres [The ladies man] é uma obra com todas as caras, trejeitos e facetas desse gênio imbatível do humor, que deve ser observado e curtido todas as inúmeras vezes em que for assistido, pois há sempre um detalhe novo a ser descoberto, mesmo depois de tanto tempo.

Assistido e comentado by Marco Müller
Publicado 20 | Novembro | 2010

*Poster promocional do filme

FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL The ladies man
ANO DE LANÇAMENTO [EUA] 1961
TEMPO DE DURAÇÃO 106 minutos
DISTRIBUIÇÃO Paramount Pictures
DIREÇÃO Jerry Lewis
PRODUÇÃO Jerry Lewis
ROTEIRO Jerry Lewis | Bill Richmond

ELENCO

JERRY LEWIS Herbert H Heebert
HELEN TRAUBEL Helen N Wellenmellon
KATHLEEN FREEMAN Katie
HOPE HOLIDAY Senhorita Anxious
MADLYN RHUE Tradutora
ALEX GERRY Senhora Sauseman
BUDDY LESTER Willard C Gainsborough
PAT STANLEY Fay
GLORIA JEAN Gloria
SYLVIA LEWIS Sylvia
DEE ARLEN Miss Liar

SCREENSHOTS


Título original

A mãe de Herbert Heebert [Jerry Lewis]

Herbert [Jerry Lewis] e Katie [Kathleen Freeman]

Senhora Helen Wellenmellon [Helen Traubel], Herbert [Jerry Lewis]
e Katie [Kathleen Freeman]

Herbert [Jerry Lewis]

Todas as mulheres da casa

Herbert [Jerry Lewis]

Herbert [Jerry Lewis] e Wellenmellon [Helen Traubel]

Herbert [Jerry Lewis] e Katie [Kathleen Freeman]

Herbert [Jerry Lewis]

Katie [Kathleen Freeman] e Herbert [Jerry Lewis]