ARMA SECRETA CONTRA MATT HELM 
The wrecking crew


A última aventura do agente Matt Helm para os cinemas começa com o roubo de uma carga em barras de ouro, avaliada em 1 bilhão de dólares, que estrategicamente é desviada de sua rota original, Dinamarca – Inglaterra, em um plano mirabolante denominado “Missão Arco-Íris”, arquitetado pelo multimilionário Conde Massimo Contini [Nigel Green] com o objetivo único de se apoderar de todo o ouro do planeta e assim dominar todas as nações.

Por determinação do governo dos Estados Unidos, a ICE [Inteligência Americana de Espionagem] é colocada no caso, e o chefe Mac Donald [John Larch], sai desesperado a procura de seu agente mais importante, ninguém menos que Matt Helm [Dean Martin], que como sempre se encontra de férias em um paraíso campestre, rodeado por diversas modelos, apaixonadas e calientes. Quase que abruptamente o coloca a par da difícil situação, mesmo a contragosto, com a dura missão de recuperar a fortuna roubada e destruir o braço forte da organização criminosa.

Rumo a Dinamarca, Helm fazendo-se passar por um fotógrafo, tem como companheira a sedutora espiã da Interpol Lola Medina [Tina Louise] que antes mesmo de entrar no caso é assassinada em um atentado armado para eliminar o agente – o explosivo fora colocado em uma garrafa de uísque – nada mais próprio.

Em seguida, agora já em companhia de outra moça, Freya Carlson [Sharon Tate], guia de uma agência de turismo, planejam uma visita ao castelo de Contini com a falsa possibilidade de tentar fotografá-lo, o criminoso apesar da boa receptividade inicial, projeta eliminá-los. Ambos conseguem escapar e depois de muitas perseguições, fugas fantásticas e combates de caratê, partem para prender o vilão que foge em um trem super veloz com todo o carregamento do precioso metal, mas é alcançado pelo casal após eletrizantes vôos de helicóptero, magistralmente pilotado por Matt que derrota o bandido e cai aos beijos com a bela companheira de aventura. Em sua última frase, ao ver uma vitrola aparecer automaticamente de um compartimento secreto e tocar uma música de Dean Martin, afirma: “nada dará errado agora...”, uma alusão as intervenções de Frank Sinatra em momentos anteriores dos três primeiros filmes.

Apesar de anunciar a sequência para breve, The Ravagers, a série parou por aí, Dean não aceitou mais interpretar o sedutor agente.

Assistido e comentado by Marco Müller
Publicado 13 | Setembro | 2010

*Poster promocional do filme

FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL The wrecking crew
GÊNERO Aventura
TEMPO DE DURAÇÃO 110 minutos
DATA DE LANÇAMENTO [EUA] 1968
ESTÚDIO Columbia Pictures Corporation
DIREÇÃO Phil Karlson
PRODUÇÃO Irving Allen
ROTEIRO William P. McGivern

ELENCO

DEAN MARTIN Matt Helm
ELKE SOMMER Linda Karenski
SHARON TATE Freya Carlson
NANCY KWAN Yu-Rang
NIGEL GREEN Conde Massimo Contini
TINA LOUISE Lola Medina
JOHN LARCH Mac Donald
JOHN BRASCIA Karl
WEAVER LEVY Kim
WILHELM VON HOMBURG Gregor
BILL SAITO Ching
PEPPER MARTIN Frankic
FUJI Toki
TED H JORDAN Guarda

SCREENSHOTS


Título original

Linda Karenski [Elke Sommer]

O chefe Mac Donald [John Larch]

Matt Helm [Dean Martin]

Conde Massimo Contini [Nigel Green]

Matt Helm [Dean Martin] e Lola Medina [Tina Louise]

Adicionar legenda

Matt Helm [Dean Martin] e o Conde Massimo Contini [Nigel Green]

Matt Helm [Dean Martin] e Freya Carlson [Sharon Tate]

Matt Helm [Dean Martin] e Freya Carlson [Sharon Tate]

Matt Helm [Dean Martin]